Folia

Carnaval, época de folia, fantasia, purpurina e alegria, que contagia adulto e criança. Os pequenos foliões também podem participar desta festa, com os devidos cuidados, já que não são capazes de avaliar os riscos.

-Deve-se respeitar a rotina das crianças durante os dias de folia, principalmente em relação à alimentação, pois, muitas vezes, as refeição são realizadas fora de casa.

-Cuidar da hidratação, sempre oferecendo bastante água à criança além de sucos naturais, e evitar alimentos gordurosos para não atrapalhar o momento das brincadeiras.


-Exposição solar à longos períodos sem o uso de protetor solar infantil adequado pode atrapalhar a folia. Por isso não esqueça de aplicar o protetor solar no mínimo 15 minutos antes da exposição, e retocar a cada duas horas. O uso de chapéus e roupas com proteção solar auxiliam na medida.

-Fantasia é para todos, de preferência a partir dos dois anos de vida, optando por roupas leves e sapatos confortáveis.


-O uso de maquiagem não é indicado, já que a pele das crianças é muito sensível e pode ocasionar alergia.

-Atualmente o número de carnavalescos mirins tem aumentado, e com eles os blocos infantis ganharam espaço nas ruas, por isso é preciso manter constante vigilância, para evitar que eles se percam em aglomerações. Recomenda-se que os adultos, responsáveis pelas crianças durante a folia, evitem o uso de álcool, pois muitas vezes eles acabam perdendo os sentidos que são fundamentais para manter os pequenos em segurança.

-Normalmente as crianças não sabem passar informações para ajudar a encontrar seus responsáveis. Por isso, o ideal é que elas tenham uma identificação, como pulseiras ou etiquetas pregadas na roupa com dados referentes à criança: nome completo, nome do responsável por ela no evento, número do telefone celular do adulto e endereço da residência da criança. Não deixar as crianças aos cuidados de estranhos, e orientem seus filhos para que eles nunca acompanhem estranhos.

-Crianças com celulares ou câmeras digitais sozinhas são alvo fácil da ação de criminosos. Fiquem atentos! Mas precisamos lembrar de nossos adolescentes, que querem curtir o Carnaval sozinhos ao lado dos amigos. Então aí vão algumas recomendações:

Drogas e bebidas, jogo aberto e conversa franca: a importância de se manter atento as possibilidades de alguém colocar droga no copo de seu filho, sem que ele perceba, ou de ser levado para um local deserto. Oriente a permanecer sempre junto ao grupo. Caso opte por beber, faça de forma equilibrada, sem ultrapassar limites, e nunca dirija ou aceite carona de amigo embriagado.

Retorno para a casa: combine um horário para o retorno de casa, e solicito que faça contato de tempos em tempos, para avisar que está tudo bem.

Fotos: adolescentes não se desgrudam dos celulares, porém as fotos devem ser tiradas em locais tranquilos e o aparelho deve estar sempre bem guardado.

Sexo é muito bom, porém com segurança e responsabilidade: alertem seus filhos quanto aso riscos das práticas sexuais desprotegidas. Estabeleça uma relação de carinho e confiança com seu adolescente, que se sentem imbatíveis e tem o seguinte discurso “mãe, isso nunca vai acontecer comigo, fica tranquila,sou sagaz !”


Quem ama protege, PREVENÇAO É A SOLUÇAO




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Febre